Domingo, 26 de Abril de 2009

Um furo num pneu... ou como a minha vida é condicionada por acontecimentos com 35 anos

 

No dia 25 de Abril de 2009, acordei sem a sensação de que o sábado que começava era um feriado. Tal como acontece com frequência, quis sair de casa e por isso tratei de me despachar o mais rapidamente possível. Assim que chego perto do carro verifico que um dos pneus estava totalmente vazio e que afinal a urgência dos últimos minutos teria de ser adiada por mais algum tempo.
 
A mudança de uma roda de um carro não tem segredos para mim. Desde a colocação do macaco até ao aperto dos parafusos sei perfeitamente o que fazer e quando as dúvidas surgem apoio-me no manual de instruções e tudo se esclarece. Cerca de 15 minutos depois tudo estava já resolvido e pude finalmente pegar no carro e ir embora.
 
            Fui até uma oficina deixar o pneu a reparar, de seguida fui ao centro comercial onde comprei os jornais do dia e passei os olhos pelas revistas de viagens na ânsia de encontrar alguma que me ajudasse a preparar a minha ida ao Japão. Entrei em várias lojas, experimentei roupa e sapatos, comprei acessórios e até almocei.  Voltei para casa, liguei-me à internet, descobri o que os meus amigos andavam a fazer, planeei a saída dessa noite, vi televisão, li jornais e livros.
 
            De madrugada, já depois de um copo, reflecti sobre o meu dia e fiquei feliz por tudo o que já alcancei. Ainda tenho na memória o dia em que me disseram que assim que acabasse o liceu me iriam arranjar um emprego numa loja ou escritório e deveria ficar por lá até que o casamento surgisse (acontecimento para a qual vinha a ser preparada desde criança). Apesar de a luta não ter sido grande e nem das adversidades terem aparecido de todos os lados, frequentei a Universidade, tirei um curso de Engenharia, especializei-me na área industrial e trabalhei em várias empresas desempenhando funções que muitos poderiam considerar masculinas. Viajei pela Europa, chefiei pessoas, dei instruções a operários e senti o peso da responsabilidade de uma forma que penso que nunca se voltará a repetir. Em poucos anos cresci, amadureci e tornei-me feliz.
 
Posso não conhecer todos os factos históricos, papaguear os nomes de todos os Capitães de Abril ou vibrar com a música de intervenção mas regozijo-me por não ter memória dos poucos anos em que não vivi em Liberdade.
 
publicado por Veruska às 16:30

link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De susu a 26 de Abril de 2009 às 17:28
Olá :) Ainda bem que há lugares nesse mundo onde uma mulher pode ter sucesso, sobretudo ao nível profissional! Li que vais no Japão? De férias ou por causa do trabalho? Já leste Haruki Murakami ? bjs
De Veruska a 26 de Abril de 2009 às 18:01
Sim...Nem imaginas como tenho a consciência que se vivesse antes do 25 de Abril seria mais uma mulher profundamente infeliz com uma vidinha medíocre que não me interessaria nada.

Sim, vou ao Japão, de férias; a expectativa é grande.

Perguntar se conheço Haruki Murakami, é quase uma ofensa pessoal, só desculpável por não nos conhecermos. Sou uma grande fã dos livros do Murakami, que leio já há alguns anos. Mas confesso que ultimamente ando um pouco farta; já não li o último romance traduzido e faltam-me também o "Dança, dança, dança". :)
De susu a 26 de Abril de 2009 às 18:37
AI! Não acredito! Alguém que conhece e gosta de Haruki Murakami Apaixonei-me para esse escritor com o livro " A crónica do pássaro de corda" !! Já li quase tudo dele Mas agora estou a fazer uma pausa antes de atacar o livro que estas a falar "Dança Dança Dança" bjs
De João Dias de Sousa a 26 de Abril de 2009 às 18:44
Mudar o pneu do carro é uma tarefa engraçada, e para uma mulher desembaraçada, como tu, de ser muito fácil executa-la (experiência na área industrial). Quando fores ao Japão, que espero seja apenas de férias, tens que me mandar um postal, para a minha colecção. Não tenho nenhum de tão longe.
De Veruska a 1 de Maio de 2009 às 11:19
Não te prometo um postal do Japão, mas umas fotografias irei partilhar com todos! ;)
De Tio do Algarve a 28 de Abril de 2009 às 20:01
Oh Veruska,
a tua comparação está gira... Dizes que depois de um copo, reflectiste. Teria sido só um? Estou a brincar...
Que pena que o nosso país não tivesse amadurecido, 35 anos depois ...E que os nosso governantes ainda não sejam responsáveis, como nós temos que ser nas nossas empresas, todos os dias!!!
Beijinhos e por favor lê o Mishima, com cuidado...
De Veruska a 28 de Abril de 2009 às 20:04
eheheh Já não leio o Mishima desde os 20 anos...Ultimamente tem sido mais Murakami! ;)
De Tio do Algarve a 28 de Abril de 2009 às 20:26
És o máximo, Veruska!!! Eu sabia...

Comentar post

.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. ...

. O poder da publicidade......

. Que coisa estúpida... ou ...

. ...

. ...

. ...

. Concentração motard de Fa...

. ...

. ...

. ...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.espreitadelas

Contador grátis
Link

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds