Sábado, 8 de Dezembro de 2007

Homens para um lado e mulheres para outro... ou um neologismo que surge

   Durante um jantar entre amigos algarvios, em que os convidados do sexo masculino se encontravam em desvantagem numérica, senti no ar uma onda de revivalismo. Agora, considero mesmo que vivi uma situação que julgo retratar fielmente a sociedade portuguesa antes da Revolução do 25 de Abril.

 

   Nessa noite jogava-se uma partida de futebol entre dois importantes clubes que disputavam mais uma partida da Bwin Liga. Por essa razão os poucos elementos do sexo masculino presentes concentravam toda a sua atenção na televisão, que detinha uma posição de destaque na casa. À margem de tudo isto, as mulheres desnudavam os ombros, subiam as saias e riam toldadas pelo álcool que brotava de uma garrafa de forma fálica que tinha sido oferecida por um dos homens (ainda hoje penso que tal oferta foi uma forma subtil de dizer – entretenham-se e deixem-me sossegado a ver a “bola”!).

 

   Os comensais deliciaram-se com o repasto bem confeccionado, regado com bom vinho e finalizado com deliciosos bolos e doces. Uma vez que a geração dominante neste jantar foi já educada numa democracia, houve a liberdade de escolher a loiça mais adequada para cada um - houve quem se decidisse por um prato de sobremesa para comer o bacalhau com natas e que depois tenha optado por um prato de tamanho regular para comer a sobremesa e houve quem logo desde início tenha assumido que iria comer muito, escolhendo um prato de sopa para toda a refeição.

 

   Mas eis que, no final do jantar, se recuperam alguns dos comportamentos tão característicos do passado: as mulheres dedicaram-se às tarefas domésticas, enquanto os homens se mantiveram concentrados no Benfica que jogava. Nenhum dos grupos se pareceu importar com a sua sorte – as mulheres cavaqueavam alegremente enquanto lavavam a loiça e os homens mantinham uma expressão apática a maior parte do tempo, o que poderia indiciar alguma infelicidade, mas exclamavam de alegria quando se marcava um golo.

 

   De entre todos houve uma jovem que se viu obrigada, de forma pesarosa e contrariada, a permanecer na sala junto dos homens, uma vez que a lotação da cozinha tinha sido já ultrapassada. Durante este período observei que ela tentava fazer um esforço por se integrar no grupo masculino – emitia uma ou outra opinião sobre o jogo que se disputava, garantia a quem a quisesse ouvir que sabia o que era um “fora de jogo”, comia tremoços com ar de satisfação e até esboçou um ar de aprovação quando alguém disse que faltava ali a cerveja. A certa altura, essa jovem questiona um dos homens sobre a razão de tal separação entre géneros, sugerindo mesmo que a televisão deveria ser desligada e que todos deveriam confraternizar na cozinha. Como resposta é-lhe dito que só faltaria ela agora querer “achabaçar” o serão.

 

   Não tendo compreendido o significado de tão estranho vocábulo, resolveu calar-se e manter uma postura mais discreta durante o resto da noite. No dia seguinte decidiu ir procurar o sentido de tal palavra. Não o encontrou, mas percebeu que só se poderia tratar de um neologismo com origem em “chavaçar” (estragar qualquer coisa). Concluiu assim, que em locais em que a taxa de incidência solar anual é muito elevada, os autóctones possuem um vocabulário muito rico que está em permanente evolução…

publicado por Veruska às 22:11

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. ...

. O poder da publicidade......

. Que coisa estúpida... ou ...

. ...

. ...

. ...

. Concentração motard de Fa...

. ...

. ...

. ...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.espreitadelas

Contador grátis
Link

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds