Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Eu consumo marcas brancas... ou será que são elas que me consomem a mim?

 

Os tempos são de crise e mesmo que eles não o fossem, provavelmente eu optaria por comprar muitos dos meus produtos de consumo das chamadas marcas brancas. Estes produtos são mais baratos do que os de marca e têm de ter qualidade igual ou superior ao líder de mercado. É por isso que compro sempre os produtos de limpeza, algumas mercearias, alguns frescos e alguns produtos de higiene deste tipo.
 
Desconheço todas as envolventes deste negócio, mas acredito que este tipo de abordagem comercial se está a generalizar e neste momento é muito mais abrangente do que o universo dos produtos para o lar. Uma das áreas com enorme potencial de desenvolvimento prende-se com o tipo de homens que actualmente se encontram disponíveis para relacionamento amorosos.
           
            Estes homens de marca branca aparentemente são iguais ou melhores do que os seus colegas de marcas comerciais: vestem roupa que os favorecem, possuem carro próprio, são avistados em cinemas, bares e discotecas e até incluem nas suas rotinas diárias a actividade física que os mantêm sãos e bonitos.  Mas ao contrário das marcas brancas de qualidade, possuem incorrecções que os tornam um produto defeituoso indesejável para qualquer consumidora mais exigente.
 
            Estas irregularidades incluem a falta de inscrições obrigatórias, a não especificação das condições de conservação, a falta de algumas indicações quantitativas, a não informação do prazo de validade e a denominação incorrecta de venda. Veja-se cada uma delas em detalhe:
 
Não especificação das condições de conservação
 
Para que a sã convivência entre os dois géneros seja pacífica, é importante conhecer em detalhe quais os produtos de cosmética utilizados por este homem de marca branca. Não há nada de mais constrangedor do que perceber que o parceiro é quem necessita de mais espaço de casa-de-banho para guardar os seus cremes, champôs, bálsamos…E se a maquilhagem estiver presente entre as suas coisas, então aí a incorrecção ainda é mais grave.
 
Falta de algumas indicações quantitativas
 
Este item prende-se com o desconhecimento de alguns dados pessoais e passíveis de quantificação como por exemplo o estado civil, a idade, as reais motivações das acções que desenvolve. Com frequência homens cujo único relacionamento que envolve intimidade é com a sua mãe, tentam ardilosamente convencer alguma mulher menos cautelosa de que adorariam que esta fosse a mãe dos seus filhos.
 
Não informação do prazo de validade
 
            Apesar de o prazo de validade de um homem de marca branca não ser muito relevante uma vez que a sua durabilidade é muito grande, é importante estabelecer limites bem definidos no tempo para que toda o possível envolvimento romântico não se arraste infinitamente de forma indefinida.
 
Denominação incorrecta de venda
 
            Muitos destes homens são catalogados como heterossexuais metrossexuais quando na realidade a única verdade é apenas a que está relacionada com a sua metrossexualidade.
 
Como conselho, acentuo a necessidade de procurar fazer escolhas acertada e nunca deixar para segundo plano dados aparentemente insignificantes mas de extrema importância na qualidade do produto final.
publicado por Veruska às 00:06

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Domingo, 25 de Janeiro de 2009

Homens ricos procuram-se... ou como o orgasmo feminino tem tanto de psicológico

 

Hoje vou falar do orgasmo, nomeadamente do orgasmo feminino, e sei que por isso o número de cliques por aqui vai disparar. Mas, lamento desapontar todos aqueles que aqui chegam com ânsia de encontrar pormenores sobre a minha própria experiência orgástica; isso simplesmente não vai acontecer!
 
Recentemente tive conhecimento de um estudo científico levado a cabo pelo psicólogo Thomas Pollet, da Universidade de Newcastle, que o levou a concluir que quanto maiores forem os rendimentos do parceiro mais frequente é o orgasmo da respectiva parceira. Isto parece vir reforçar outros estudos já efectuados em que se conclui que a simetria física e a atracção, embora muito importantes para atingir o maior momento de prazer sexual, não têm a relevância do tamanho da conta bancária.Mas se a esta conclusão, juntarmos outra que cai no domínio do conhecimento empírico – “Quanto maior for o grau de instrução de homem, menos actividade sexual ele vai proporcionar” – rapidamente surge uma incongruência. 
 
Desde pequena que sempre ouvi lá por casa dizerem-me “tu estuda rapariga que é para um dia conseguires um bom emprego com um bom salário” e tenho a certeza que, como eu, muitas outras pessoas ouviram e continuam a ouvir este tão universal conselho. Seguindo esta lógica, um homem bem sucedido na vida deverá ter no mínimo uma licenciatura, ou mesmo que não possua nenhum grau académico deverá possuir uma formação adequada e espírito empreendedor para que atinja o sucesso.
 
Então, se os homens com dinheiro têm uma actividade sexual de fraca qualidade porque é que eles proporcionam um maior número de orgasmos femininos? Talvez porque ande por aí muita mulher a fingir aquilo que não sente ou então porque este estudo não tem sentido nenhum!
 
E já agora, para quando um estudo semelhante mas em que o grupo de estudo seriam os homens.  Aposto que a conclusão seria precisamente a inversa.
 
publicado por Veruska às 14:58

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008

Os homens são todos iguais... ou como eles podem ser tão diferentes delas

 

 
É sabido que os seres vivos possuem cinco sentidos: a audição, a visão, o tacto, o paladar e o olfacto. Estes sentidos estão muito mais bem desenvolvidos nas mulheres e é por essa razão que neste género, a intuição é um factor tão importante nas relações inter-pessoais. Da mesma forma que milhões de anos de evolução culminaram no desenvolvimento da intuição feminina, nos homens um fenómeno semelhante ocorreu embora tenha levado à atenuação dos cinco sentidos comuns, da forma que se passa a explicar:
 
1 – Défice de audição
 
Quando a conversa não lhes interessa, não ouvem (o que por si só não parece muito exclusivo deste género; eu própria também gosto muito de não ouvir o que não me interessa). Mas mais grave do que não ouvirem é omitirem toda uma série de questões ao longo de uma conversação, proferindo afirmações descontextualizadas.  Este tipo de atitude por parte dos homens tem vindo a classificar as mulheres como repetitivas, sendo elas muitas vezes injustamente acusadas de estarem sempre a dizer a mesma coisa.
 
2 – Aumento da visão periférica selectiva
 
A visão periférica foi aperfeiçoada, o que lhes permite observar detalhadamente alguns pormenores secundários da acção que se desenrola, como os atributos físicos das colegas na aula de Body Pump. Esta característica levou a que a alguns homens lhes fosse diagnosticado estrabismo.
 
3 – Défice de tacto
 
Os homens, além do tacto relacionado com a percepção dos estímulos mecânicos, não conseguiram desenvolver uma delicadeza moral (também chamada de tacto) que os leva a desaparecer sem qualquer justificação durante dias a fio. Depois de uma fase inicial de estranheza, as mulheres que os rodeiam rapidamente voltam à sua vida quotidiana estabelecendo novos contactos com o sexo oposto.
 
4 – Alteração do paladar
 
O paladar é sinónimo de gosto e o gosto relaciona-se com o prazer.  Os homens ao longo dos milénios foram desenvolvendo uma particular satisfação em manter as mulheres ali pertinho deles, mas sem se comprometerem. De preferência até mais do que uma; assim uma de cada tipo para viverem a vida de todos os prismas possíveis. Esta alteração é tão mais intensa quanto mais velho for o homem ou quanto “mais casado” estiver. Como consequência, a chamada intuição feminina tem evoluído ainda mais e neste momento já são as mulheres que melhor utilizam esta ferramenta relacional.
 
5 – Intensificação do olfacto
 
O olfacto ou faro é a capacidade de percepcionar os odores.  Nos homens este sentido está muito desenvolvido e também muito direccionado para situações extremas. Facilmente os homens conseguem reconhecer no meio de várias mulheres sem qualquer característica dominante, a fêmea mais “bardajona” e menos adequada à sua personalidade. Este é um factor bastante positivo e permitiu às mulheres desenvolver a competência de descartar rapidamente um homem que se comporte como um “cachorro”.
 
É por tudo isto que desde sempre oiço dizer que os homens são todos iguais. Não se trata do seu aspecto, do seu comportamento ou até das suas preferências, o que na realidade acontece é que eles lá bem no seu âmago são todos iguaizinhos.
 
 
tags: ,
publicado por Veruska às 16:19

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|

.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. Que coisa estúpida... ou ...

. Fim do cinema em Faro... ...

. A auto-estima masculina.....

. A Bimby e o esperma artif...

. O que há de comum entre G...

. Eu consumo marcas brancas...

. Homens ricos procuram-se....

. Os homens são todos iguai...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.espreitadelas

Contador grátis
Link

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds