Quarta-feira, 25 de Abril de 2012

Um suplemento de cálcio... ou como quem erra é quem devia fazer tudo bem


 

 

O Calcitrim é um suplemento alimentar de cálcio anunciado em vários programas televisivos em directo. A determinada altura, o programa é interrompido, o apresentador ou apresentadora dirige-se a uma bancada onde se encontra uma bonita rapariga com ar simpático que explica, utilizando linguagem acessível, o que acontece aos nossos ossos com o passar dos anos e como esses efeitos podem ser atenuados com a toma destas pílulas.

 

            O apresentador ou apresentadora mostra um encenado interesse pelo produto e entabula questões que não passam de repetições do que já foi dito pela promotora.  Tudo é feito de forma simples, clara e objectiva. Não sei se vendem muitas embalagens do produto em questão, mas o que é certo é que jamais o compraria; o que anunciam não passa de uns simples comprimido com cálcio que, quase de certeza, pode ser adquirido em farmácias ou parafarmácias por um preço mais acessível e com a garantia de que todo o processo produtivo decorreu de acordo com as normas que regulamentam essa área de negócios.

 

            Parece-me que toda a propaganda assenta em realidades inegáveis, no entanto, a desconfiança sobre quem vende o Calcitrim, onde é fabricado, quais os procedimentos de qualidade e muitas outras coisas, despertam em mim ainda maior vontade de nunca me aproximar de tais pílulas. A desconfiança é o sentimento que impera cada vez que vejo o espaço de anúncio ao Calcitrim e a todos os produtos anunciados pela mesma empresa.

           

O discurso proferido pelo Presidente da República, Cavaco Silva, nas comemorações do 25 de Abril deste ano sofreu do mesmo mal. Das suas palavras sobressaíra duas - a credibilidade e a potencialidade. Estes dois adjectivos utilizados para caracterizar Portugal, transmitiram a ideia de um país com valor e pronto para qualquer desafio, ideia confirmada pela lista de exemplos positivos com a qual fomos brindados. Foram focados vários domínios, desde a Ciência e Tecnologia até à Cultura, passando pela Economia.  Destacaram-se também algumas personalidades como arquitectos e cineastas.

 

Tal como no Calcitrim, a comunicação foi simples, clara e objectiva e ninguém duvida do valor dos que foram nomeados nem da importância do que já muito foi alcançado pelos portugueses.  Mas também, tal como no Calcitrim, a desconfiança sobre quem gere o país é enorme e a certeza de que o que o Governo faz assenta em procedimentos pouco claros que se afastam dos parâmetros definidos é quase absoluta.  

 

publicado por Veruska às 19:20

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 26 de Abril de 2009

Um furo num pneu... ou como a minha vida é condicionada por acontecimentos com 35 anos

 

No dia 25 de Abril de 2009, acordei sem a sensação de que o sábado que começava era um feriado. Tal como acontece com frequência, quis sair de casa e por isso tratei de me despachar o mais rapidamente possível. Assim que chego perto do carro verifico que um dos pneus estava totalmente vazio e que afinal a urgência dos últimos minutos teria de ser adiada por mais algum tempo.
 
A mudança de uma roda de um carro não tem segredos para mim. Desde a colocação do macaco até ao aperto dos parafusos sei perfeitamente o que fazer e quando as dúvidas surgem apoio-me no manual de instruções e tudo se esclarece. Cerca de 15 minutos depois tudo estava já resolvido e pude finalmente pegar no carro e ir embora.
 
            Fui até uma oficina deixar o pneu a reparar, de seguida fui ao centro comercial onde comprei os jornais do dia e passei os olhos pelas revistas de viagens na ânsia de encontrar alguma que me ajudasse a preparar a minha ida ao Japão. Entrei em várias lojas, experimentei roupa e sapatos, comprei acessórios e até almocei.  Voltei para casa, liguei-me à internet, descobri o que os meus amigos andavam a fazer, planeei a saída dessa noite, vi televisão, li jornais e livros.
 
            De madrugada, já depois de um copo, reflecti sobre o meu dia e fiquei feliz por tudo o que já alcancei. Ainda tenho na memória o dia em que me disseram que assim que acabasse o liceu me iriam arranjar um emprego numa loja ou escritório e deveria ficar por lá até que o casamento surgisse (acontecimento para a qual vinha a ser preparada desde criança). Apesar de a luta não ter sido grande e nem das adversidades terem aparecido de todos os lados, frequentei a Universidade, tirei um curso de Engenharia, especializei-me na área industrial e trabalhei em várias empresas desempenhando funções que muitos poderiam considerar masculinas. Viajei pela Europa, chefiei pessoas, dei instruções a operários e senti o peso da responsabilidade de uma forma que penso que nunca se voltará a repetir. Em poucos anos cresci, amadureci e tornei-me feliz.
 
Posso não conhecer todos os factos históricos, papaguear os nomes de todos os Capitães de Abril ou vibrar com a música de intervenção mas regozijo-me por não ter memória dos poucos anos em que não vivi em Liberdade.
 
publicado por Veruska às 16:30

link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. Um suplemento de cálcio.....

. Um furo num pneu... ou co...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.espreitadelas

Contador grátis
Link

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds