Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Eu consumo marcas brancas... ou será que são elas que me consomem a mim?

 

Os tempos são de crise e mesmo que eles não o fossem, provavelmente eu optaria por comprar muitos dos meus produtos de consumo das chamadas marcas brancas. Estes produtos são mais baratos do que os de marca e têm de ter qualidade igual ou superior ao líder de mercado. É por isso que compro sempre os produtos de limpeza, algumas mercearias, alguns frescos e alguns produtos de higiene deste tipo.
 
Desconheço todas as envolventes deste negócio, mas acredito que este tipo de abordagem comercial se está a generalizar e neste momento é muito mais abrangente do que o universo dos produtos para o lar. Uma das áreas com enorme potencial de desenvolvimento prende-se com o tipo de homens que actualmente se encontram disponíveis para relacionamento amorosos.
           
            Estes homens de marca branca aparentemente são iguais ou melhores do que os seus colegas de marcas comerciais: vestem roupa que os favorecem, possuem carro próprio, são avistados em cinemas, bares e discotecas e até incluem nas suas rotinas diárias a actividade física que os mantêm sãos e bonitos.  Mas ao contrário das marcas brancas de qualidade, possuem incorrecções que os tornam um produto defeituoso indesejável para qualquer consumidora mais exigente.
 
            Estas irregularidades incluem a falta de inscrições obrigatórias, a não especificação das condições de conservação, a falta de algumas indicações quantitativas, a não informação do prazo de validade e a denominação incorrecta de venda. Veja-se cada uma delas em detalhe:
 
Não especificação das condições de conservação
 
Para que a sã convivência entre os dois géneros seja pacífica, é importante conhecer em detalhe quais os produtos de cosmética utilizados por este homem de marca branca. Não há nada de mais constrangedor do que perceber que o parceiro é quem necessita de mais espaço de casa-de-banho para guardar os seus cremes, champôs, bálsamos…E se a maquilhagem estiver presente entre as suas coisas, então aí a incorrecção ainda é mais grave.
 
Falta de algumas indicações quantitativas
 
Este item prende-se com o desconhecimento de alguns dados pessoais e passíveis de quantificação como por exemplo o estado civil, a idade, as reais motivações das acções que desenvolve. Com frequência homens cujo único relacionamento que envolve intimidade é com a sua mãe, tentam ardilosamente convencer alguma mulher menos cautelosa de que adorariam que esta fosse a mãe dos seus filhos.
 
Não informação do prazo de validade
 
            Apesar de o prazo de validade de um homem de marca branca não ser muito relevante uma vez que a sua durabilidade é muito grande, é importante estabelecer limites bem definidos no tempo para que toda o possível envolvimento romântico não se arraste infinitamente de forma indefinida.
 
Denominação incorrecta de venda
 
            Muitos destes homens são catalogados como heterossexuais metrossexuais quando na realidade a única verdade é apenas a que está relacionada com a sua metrossexualidade.
 
Como conselho, acentuo a necessidade de procurar fazer escolhas acertada e nunca deixar para segundo plano dados aparentemente insignificantes mas de extrema importância na qualidade do produto final.
publicado por Veruska às 00:06

link do post | favorito
De executivo_chanfrado a 11 de Fevereiro de 2009 às 20:33
Acredita que se vê por aí cada coisa nos ginásios...
Isto tá mesmo mau pró reino feminino, entre homossexuais e metrosexuais começam a haver poucos homens...
Eu pela minha parte dispo-me, tomo banho e visto-me o mais rapidamente possivél... não vá o diabo tecê-las...
De Veruska a 12 de Fevereiro de 2009 às 09:40
Eu para ser franca até nem me queixo dos metrossexuais...desde que eles não usem base na cara! ahahahah

De executivo_chanfrado a 12 de Fevereiro de 2009 às 13:14
Homem que é home tem que ter pelitos, tem que ser um gentil brutinho...agora essas coisas que se depilam, enchem-se de cremes e parecem mulheres a andar... e é quando não usam mala...
De Veruska a 12 de Fevereiro de 2009 às 15:45
Para mim os pelos é um coisa totalmente acessória; se eles não os tiverem não me afecta e se me afectar é só deixar crescê-los.

O "brutinho" para mim é logo para rejeitar, até pode ser gentil, mas se acumular com brutinho está fora.

Os cremes também não me parece nada de mal.

A mala até pode ser giro e indiciar "estilo".

Agora parecerem mulheres a andar é que não, não mesmo e ainda pior, terem a mania que são machos e depois não passam de gays frustados que enganam mulheres apaixonadas isso é que é "MESMO NÃO"!
De executivo_chanfrado a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:16
Ok,
Tudo bem.
Pelos, cada um tem os que tem. Acho estranho ver homens a depilar-se mas…
Quando mencionei brutinho não quis obviamente dizer o que referes. É somente expectável que os homens não se comportem como mulheres, isto é, tradicionalmente as nossas preocupações são diferentes das vossas…provavelmente mais básicas…
Cremes dispenso, mas ainda tenho uma boa pele. Eu sei, devia cuidar dela agora.
Malas? Também uso mas só quando ando em viagem. Normalmente um trolley. Acho aberrante um homem usar mala. Acho igualmente aberrante usar brincos. Existem acessórios que são exclusivamente femininos.
Quanto aos gays frustrados, machos da tanga e quejandos…nunca me movimentei nesses meios nem elementos desse tipo fazem parte do meu circulo restrito de amizades.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. ...

. O poder da publicidade......

. Que coisa estúpida... ou ...

. ...

. ...

. ...

. Concentração motard de Fa...

. ...

. ...

. ...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds