Quinta-feira, 27 de Março de 2014

Diário de uma cardíaca (4)... ou como vão sair, já a seguir duas reclamações escritas


 

Agora que sou uma cardíaca farense, fiz o que tinha de ser feito – ir a um médico em Lisboa. Como estou a acumular as doenças, a gripe intensa que me assola cumpriu a incumbência de me pôr a dormir durante as três horas das viagens de ida e volta proporcionando-me o relaxamento necessário para a minha missão.

 

Não se pense que a preocupação sobre o meu estado é inexistente, mas isto de frequentar um hospital coladinho ao Colombo é capaz de despoletar a réstia de bem-estar que ainda existe dentro de mim. Como missões, levava a de comprar um Homem-Aranha com um cupão Continente e de dar uma volta pelas lojas com o intuito de ir bisbilhotar a nova coleção de sapatos de Cristina Ferreira (que por mais incrível que possa parecer, é linda de morrer e parece que grita por mim a uma cadência que se vai majorando à medida que o tempo passa).

 

Mas entre as idas às lojas, lá fui à consulta onde por várias vezes me foi dito “arritmia benigna”. Não é que eu achasse que ela seria maligna (=mortífera) mas confesso que a ideia de simplesmente o meu coração deixar de bater e eu morrer em agonia, era algo que pontualmente surgia como se uma picada de mosquito se tratasse. Assim que todo o potencial perigo foi afastado da minha mente, as informações a reter passaram a ser outras. Coisas como “mas aqui só há silêncio!”, ou “uau, que consultório com tanta luz!” ou ainda “porque é que o médico me está apresentar as assistentes administrativas??!!” passaram a romantizar toda a minha cardiopatia.

 

Mas como em qualquer fantasia narrativa que capte a atenção do leitor é imperativo que o amor ande lado a lado com o ódio e a vingança, não serei eu a quebrar esse elo. Por essa razão coisas como “tem de comunicar ao Infarmed que teve alucinações com o genérico” ou “entra na urgência com queixas cardíacas, confirmadas por ECG e não há nenhum cardiologista do HDF que a vá ver??!!” vão resultar em dois textos, que acredito magníficos, mas que infelizmente serão lidos apenas por um público muito selecionado que os irá desprezar logo de imediato.

 

publicado por Veruska às 17:48

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Santos e mártires... ou um super-herói a menos

Alucinação e desilusão são duas palavras que além de rimarem se complementam na perfeição, ora vejamos:
- quando tomamos drogas entra-se numa espiral de alucinação seguida da desilusão do período de ressaca;
- quando nos apaixonamos perde-se a razão por completo e quando tudo termina rapidamente a decepção se instala;
- quando sonhamos deslumbramo-nos com uma ilusão que rapidamente desaparece.
 
Sempre tive um sonho. Um sonho recorrente que passeia pela minha mente, quer esteja acordada ou a dormir – o sonho de conhecer um super-herói. O objecto de tal desejo nunca foi um super-herói qualquer. Teria de ser um que voasse e na impossibilidade de lhe poder vislumbrar a face, pelo menos que vestisse uma roupa que o favorecesse. Os acessórios seriam muito importantes – não queria sapatos com asas, máscaras que não favorecessem o nariz ou orelhas ou ainda capacetes com cornichos; a harmonia cromática seria essencial – o amarelo seria de excluir automaticamente e o castanho deveria existir apenas em pequenos apontamentos. 
 
Dentro desta categoria surge logo de imediato o Super-homem. Todo vestido de lycra azul com uma capa e calções vermelhos. Quando voa estica o braço direito definindo-se de imediato a sua poderosa musculatura. Uma visão que proporciona de imediato um elevado grau de prazer a qualquer donzela.
 
Só que a vida é constituída por uma série de acontecimentos fortuitos e em vez travar conhecimento com o Super-homem acabei por me cruzar com o Homem-aranha. Este último também tinha o seu encanto. Era mais sóbrio e provavelmente mais desembaraçado que o Super-homem – veja-se a facilidade com que resolveu o problema de não conseguir voar. Em vez de arranjar uma capa que lhe cobriria os seus bonitos glúteos, encontrou uma forma de utilizar as teias de aranha para se deslocar como se fosse um chimpanzé balouçando-se nas lianas africanas.
 
Mas como todos os super-heróis, o Homem-aranha além de ser cheio de charme, tinha também todo o estilo que se possa imaginar: era um pouco alheado da realidade, tinha uma grande flexibilidade, pois frequentemente se posicionava de cócoras e vestia a já clássica roupa de lycra perfeitamente colada ao corpo, que funcionava como uma segunda pele.
 
Só que um dia ele foi avistado nas imediações do Coliseu de Roma, local onde muitos sofreram pela fé cristã e tudo mudou. Nesse dia uma transformação se deu. O sério, charmoso e enigmático super-herói transformou-se num comum mortal de ar feliz e braços abertos, convidando todos a um abraço planetário.
 
Hoje é dia de Todos-os-Santos, a altura em que os fiéis se deveriam penitenciar pelas suas faltas e recordar os santos não celebrados ao longo de um ano. Amanhã é o dia de Finados em que se reza pelos mártires já falecidos. Hoje é um dia triste e amanhã mais triste será. Hoje prestei homenagem a um super-herói, amanhã rezarei por ele.
 
publicado por Veruska às 17:16

link do post | comentar | favorito

.eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.últimos reflexos

. Diário de uma cardíaca (4...

. Santos e mártires... ou u...

.caixa de Pandora

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2011

. Agosto 2010

. Abril 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Uma experiência quase cie...

. Os vossos favoritos

.links

.espreitadelas

Contador grátis
Link

.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds